Google+ Followers

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

A SAÚVA...

Pois,
Desde 1988 perdemos...
- A maior biblioteca brasileira está morrendo...
- O maior zoológico do Brasil já morreu...
- O MAIOR ESTÁDIO DE FUTEBOL DO MUNDO ACABOU...
- Não passa um dia sem que haja um turista assaltado ou morto na subida do Corcovado...
- Ninguém pode entrar numa comunidade sem levar um tiro de fuzil...
- Invadem domicílios e assassinam seus moradores no meio de suas vilas...
- Homens matam mulheres por amor alegando supostas traições,e saem das delegacias com altivez sem repúdio...
- Mães matam filhos...
- Filhos matam pais...
- Estrupam velhas e crianças...
- O samba morreu para o funk...
- Em vez de autores temos MC(merda de cerimônias)...
- Alunos agridem professores...
- Fazem passeatas para destruir patrimônios públicos e privados...
- Invadem fazendas, matam o gado e destroem plantações...
- Índios cobram pedágios...
- Políticos associam-se a facções criminosas...
- O mosquito voltou a ser flagelo de pois de 60 anos...
- Há imbecis que revivem a mentira de FHC quebrou o Brasil...
- Na terra de Bilac, "meu pau te ama" virou poesia...
- Chacina de presos por presos, torna-se viral e vira direitos humanos...
- 60000 mil assassinatos, 60 mil mortes no trânsito, 100000 mortos no sistema único de saúde, direito dos manos...
- Confederações, federações, e sindicatos se locupletando com o dinheiro de trabalhadores...
- Políticos de 11000 reais por minuto trabalhado, e trabalhadores de pouco mais de 900 reais por mês...
 Brasília é uma terra de SAÚVAS, ou O BRASIL ACABA COM ELAS, ou elas acabam com o Brasil...
Em vez de três poderes temos quatro...
EXECUTIVO
LEGISLATIVO
JUDICIÁRIO
E PRESIDIÁRIO...
Aqui políticos construindo Brasília...

Resultado justo..
FUI...

quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Ah! os erros e os pecados

Pois,
Há erros e  pecados.
Bem absolvição não existe, ninguém nem qualquer deus pode absolver nossos erros e pecados.
Nós não podemos nos absolver pelos nossos erros e pecados, podemos reparar alguns erros, talvez alguns pecados, mas a culpa será até depois da morte.
O criminoso mesmo após cumprir pena e obter indulto, sempre pagará pelo seu pecado resignadamente, se não o faz, retorna ao crime e castigo.
Convivemos com nossos erros e pecados pelo restante de nossos dias, e carregaremos o estigma de tê-los cometidos para além de nossos túmulos.
Nenhum deus nos condenará, nenhum demônio nos castigará.
Nossos filhos estarão marcados por nossos erros, assim como a sociedade nos culpa pela escravatura e destruição indígena, apenas pela cor de nossa pele branca, mesmo que 90% desses brancos de pele, sejam oriundos de miscigenações confusas do passado, mesmo que nenhum de nossos antepassados tenha vivido na época da escravatura ou das capitanias hereditárias.
Qual a culpa do alemães de hoje pelos crimes de Hitler?
Carregam o estigma.
Porque os muçulmanos de hoje não conseguem carregar o estigma de Saladino?
Porque devo eu carregar os estigmas de Jesus Cristo ou Maomé?
Isso nos prova que não existe absolvição de erros e pecados.
O passado corrói a mente dos que se acham impolutamente corretos.
E cometem os pecados de julgar inocentes descendentes pelos erros de seus parentes já mortos e eternamente estigmatizados.
Filho da puta sempre será filho da puta.
Filho de criminoso sempre será criminoso.
Creio que o estigma é mais racista e discriminatório
que o os próprios conceitos.
O preconceito imbecil estigmatiza e criminaliza as pessoas.
Ninguém pode redimir os pecados, nem reparar os erros, sem começar de novo.
No caminho dessas hostilidades ignóbeis, não existe perdão.
Somos todos descendentes de Barrabás ou de Pôncio Pilatos, somente conseguimos observar os erros do passado sem expiar os que cometemos.
Esse é o pior dos infernos, nem Dante o descreveu.
bom dia...

domingo, 11 de dezembro de 2016

PROTESTAR PARA QUE?

Pois,
Há mais de 10 anos, este que escreve  algumas palavras de protesto,vez por outra, encontra-se cansado pelas repetidas e permanentes opiniões  que penso pertinentes.
Já escrevi sobre essa nossa constituição de bosta, que não passa de uma carta de direitos aos privilégios dos políticos, juízes e promotores de justiça do Brasil.
Nossos advogados brasileiros sentem-se como brâmanes numa terra de párias.
A constituição imperial de 25 de março de 1824. garantia esses direitos ao Imperador, aos senadores que eram vitalícios e aos usuários da toga.
Essa nossa pátria sempre foi de capitães hereditários, patriarcal e substituíram o coronelismo pelas máfias partidárias.
Diógenes de Sinope saia às ruas de Atenas com sua lanterna, a procurar um político honesto, há mais de 2000 anos.
Como pode haver no sistema jurídico presunção de inocência?
Quando a presunção de um fato conhecido, pode nos levar aos fatos desconhecidos. 
Gostaria de argumentar sobre a idade.
Tenho 65 anos, sou inapto a empregos, justamente pela idade.
Depois de 50 anos em nosso país, você está condenado a informalidade.
No entanto pode ser um juiz do Supremo Tribunal Federal até os 75 anos, mesmo tendo mal de Parkinson ou usando muletas.
Como velhos senis, podem ser juízes, senadores ou presidente e governadores com mais de 75 anos?
Sempre comparei ao filme "O Poderoso Chefão", são mafiosos.
São quadrilhas organizadas em forma de partidos políticos.
Sendo mais implícito, trocamos a máfia petista pela Yakusa do PMDB.
A máxima fica comprovada nós trocamos sempre o penico, mas colocamos de volta as mesma merdas.
Não consigo vislumbrar no futuro, nada que valha a pena, para dar um toque de liberdade e democracia em nosso país, enquanto os párias ficarem lutando para transformar o politicamente correto como dogma ideológico.
Povo inútil luta por direitos humanos, e não decifra o enigma do sobre os brâmanes e párias.
Você negro que luta por cotas.
Vocês homossexuais que lutam por cartilhas.
Vocês professores que lutam por partidos socialistas nas escolas.
Vocês são párias da sociedade como eu.
Não enxergam que PT, PMDB, PSDB, Pc do B e outras siglas de patifes são todos mancomunados, tudo junto no mesmo quadrado.
São quadrilhas mafiosas.
Vocês não enxergam que as comissões  no congresso não servem para nada, apenas para insuflar os egos de Ongs, sindicatos e União de estudantes.
Os brâmanes cagam e andam para suas passeatas.
Aqui não há patriotas, ou nacionalistas, nem socialistas ou liberais, apenas loteadores do esquema.
A maioria é prostituto do sistema, onde os proxenetas se locupletam. 
Nosso estado não islâmico é enlameado de bosta.
As igrejas, os bispos e pastores, são carrapatos nos sacos dos políticos.
A mídia paga com nossos impostos plantam as mazelas que lhes são impostas a contar.
Para finalizar vou comentar sobre o acidente da Chapecoense.
Um FDP cometeu o assassinato de 71 pessoas, mas querem condenar a funcionária de despacho de voo que não tinha autoridade de proibir o voo, mas quando o controle erra e coloca dois aviões em rota de colisão, a culpa é dos pilotos.
Ainda não sei vou fazer mensagem de ano novo, aqui ficaram tão preocupados com a eleição do TRUMP, que ainda não prenderam e condenaram a mula retirante de Garanhuns.
Fui...


quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

SENTIMENTOS

Pois,
SENTIMENTO É UMA PALAVRA REFENTE AO QUE SENTIMOS COM NOSSOS SENTIDOS.
SENTIMENTOS são os nossos 5 sentidos.
A dor não é um sentimento é uma atividade sensorial do TATO transmitida ao cérebro em forma de uma hipersensibilidade localizada, a febre é uma rejeição sensorial que esta região hipersensibilizada está tentando ser curada por nossos anticorpos.
O sistema límbico do cérebro processa os sentidos e os transforma em emoções. Amor, ódio, aversão, felicidade, tristeza ou sofrimento entre tantos, não são sentimentos, são emoções produzidas pelos nosso sentidos. 
Uma pessoa que nasce cega, tem emoções diferentes daquela que fica cega.
Para delinear com certa habilidade estas informações, vejam a diferença entre sentir amor e estar em amor, invés de sentirmos saudades, na realidade estamos em saudades. O fato relevante é que os sentidos estão sempre em alerta, não sentimos o medo ficamos ou estamos com medo, é impossível ficar alheio aos sentidos, mas é possível haver troca do estado das emoções, assim o amor transforma-se em ódio, ou o medo em valentia.
Uma pessoa não é submissa, ela está submissa.
O fato de uma pessoa amar uma pessoa incondicionalmente mesmo sem ser correspondida não é um sentimento, é uma obsessão, pois ela pode deixar de amar se assim o quiser. Se não o faz, está doente.
Não sentimos o abandono, estamos em abandono, mas isso não quer dizer que não possamos encontrar outra companhia.
Certas emoções são criadas por nós, como o sofrimento.
Ora, dirão que o doente sofre, não é verdade, o doente tem aversão ao seu estado, a dor é um reflexo sensorial, que pode ser tratada com a medicina.
Estar feliz é estar de bem com seus sentidos, estar infeliz é transformar suas emoções em reações adversas a você mesmo.
Querer o mal torna qualquer um infeliz, querer o bem traz sempre felicidade.
Isso não nos impede de mandar alguém comer tomate crú.
bom dia

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

BUFFY

Pois, 
Aos dias de hoje, não consigo entender a ideia fixa que tem os analistas políticos, os jornalistas e o povo, de que tudo que acontece num país presidencialista é culpa do PRESIDENTE.
Se vivêssemos, uma monarquia absolutista ou uma ditadura de direita ou esquerda, talvez pudéssemos ter essa obviedade.
Num regime presidencialista isso não é óbvio.
Certo jornalista publicou que como podem os americanos dar os códigos nucleares pra Donald Trump.
Santa ignorância!
Numa democracia o presidente não tem poder absoluto.
O presidente é DECORATIVO.
Ele não faz leis, nem medidas provisórias, nem projetos de emenda à constituição.
Ele não VETA por seu bel prazer.
Tudo é uma reação em cadeia, provocada por economistas, ministérios e as cabeças pensantes dos partidos que tutelam a presidência.
Isso mesmo a presidência de um país democrático é TUTELADA.
O povo culpa a búlgara, o retirante nordestino ou o vampiro libanês, pelo desgoverno brasileiro.
Pois, lhes digo:
São inocentes úteis que vivem de propinas.
A luta entre as ideologias partidárias é sempre destruir as boas ideias dos adversários. Kadafi escreveu isso em seu "LIVRO VERDE".
Nossa mídia é corrupta  porque suas grandes fontes de renda são o governo e nossas estatais.
Cito por exemplo o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, os Correios e a Petrobrás, que são monopólios e não precisariam patrocinar clubes esportivos, nem propagandear-se em horários nobres dos canais televisivos, nem imensas páginas em jornais e revistas.
Se deus escreve corretamente em linhas tortas, os políticos conseguem escrever torto em linhas corretas.
Fico até admirado quando a esquerda chama outra esquerda de oposição.
Porém há uma explicação plausível a esquerda que se encontra à esquerda que roubava e corrompia a tudo e todos, faz oposição à esquerda que se encontra à direita hoje em dia, posto ocupado pela outra, outrora, quer roubar e corromper como sempre foi nesse bordel que é o congresso nacional.
A proclamação de nossa república foi um projeto enganoso, arquitetado contra um velho doente, destituído da presidência meses depois, foram dois golpes políticos em poucos meses.
De lá pra cá, a corrupção reinou democraticamente.
Em 1988 copiaram a constituição de 25 de março de 1824, para se eternizarem no poder.
As ideologias são tão indecentes, que partidos de mesma ideologia, se dividem em siglas minoritárias, para degustarem pequenas fatias do bolo do erário público.
Os imbecis invadem suas escolas e faculdades, as empresas que trabalham, destroem franquias de brasileiros, só porque tem nomes estrangeiros, queimam os coletivos que necessitam para suas próprias necessidades, depredam o patrimônio público que pagarão seus consertos, e chama isso de ocupação e protesto.
São assaltados e assassinados nas ruas, ficam clamando por justiça.
Somente quem cumpre seus deveres e obrigações pode pedir justiça.
Somente pode pedir liberdade quem respeita a liberdade dos outros.
O poder não corrompe o homem, é o homem que corrompe o poder, mas nunca pode fazê-lo sozinho, é necessário uma gangue.
Nossos partidos políticos são a própria anarquia.
O Brasil não tem presidente, nunca teve presidentes, sempre foram parte de associações criminosas.
O povo está enterrando o Brasil, na boca do inferno.
Relembrando o seriado "Buffy, a caçadora de vampiros" aqui ela está morta.
bom dia

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

SEM PT, sem prosa...

Pois,
Não tenho escrito no bloque.
Falta inspiração.
O petismo acabou.
Não como deveria, todos na cadeia, camburão ou rabecão.
A direita americana derrubou a mídia de esquerda corrupta, os politicamente corretos, os migrantes ilegais, e outras imbecilidades sociais.
A Inglaterra começou o desmantelamento da tal globalização, aliás mais pseudo do que se imagina.
Hoje pela manhã coloquei no meu FB:

REALMENTE A ESQUERDA NÃO SABE PERDER, TUDO É CULPA DA DIREITA.
MACONHA
ABORTO
CASAMENTO GAY
PROGRAMAS SOCIAIS PARA VAGABUNDOS
FRONTEIRAS DESPROTEGIDAS
PAÍSES SEM PROTEÇÃO AOS SEUS PRODUTOS
NO JAPÃO A VOLTAGEM É 90 VOLTS, não se importa elétricos e eletrônicos.
No Japão o imposto de mobilidade dos carros importados é progressivo, aumenta todo ano.
No Japão, carros importados pagam quase o dobro pelo combustível.
No Brasil é eletrônicos chineses, roupas chinesas, calçados chineses, brinquedos chineses, agora até móveis "made in china", material escolar chinês, seringas descartáveis chinesas, automóveis chineses e vendemos ferro para os chineses e importamos o aço da China.
Mudamos as tomadas elétricas para um padrão imbecil e as importamos da China.
MERECEM SER BURROS NA CHINA QUE OS PARIU.
Agora, o golpe é contra o controle de gastos.
PEC daqui, PEC dali...
Ninguém faz PEC para diminuir os salários públicos.

Vejo as manifestações americanas contra a direita pela primeira vez em 50 anos.
A imigração desvairada corrompe a identidade do povo.
País sem fronteiras perde a identidade.
Fui...

terça-feira, 4 de outubro de 2016

OCASO de uma estrela....

Pois,
Cada um de nós tem no destino alguma saga para ser enfrentada.
Todas as sagas causam sofrimentos, feridas e são temporais de ideias, de dores, convulsões e regidas pela égide do tempo no espaço.
Sempre fui um antissocialista.
Ser antissocialista não significa ser antissocial. 
Ser antissocialista político é ser contra o paternalismo, o direito dos manos, a corrupção e o estelionato cultural.
Todos os países por onde o socialismo passou, tiveram suas tradições e culturas destruídas, pelo simples fato de ser politicamente correto.
Em 2006, quando o PT destruiu as empresas aéreas brasileiras, incluindo aquela pela qual trabalhei cerca de 33 anos, eu entrei para uma comunidade no ORKUT, que tinha como nome, "Lula Jamais Te Esquecerei, ou LJTE. 
Foram anos de protestos contra o que acontecia no Brasil, com a destruição de nosso patrimônios empresariais, tradicionais e culturais.
Como  o tempo resolve os problemas?
Ou mata-nos ou cura-nos.
O ORKUT morreu. O Face BooK nos curou.
Nós aposentados da Varig, e seus ex-funcionários demitidos sem rescisórias trabalhistas por uma lei imbecil criada com o nome de lei de recuperação judicial, que não recupera nada, apenas amputa, e retira o que temos de melhor para transplantá-los  para mãos e corpos corruptos.
Foram 14 anos de luta.
Fome passamos, perdemos nossas dignidades. era O SPC, a SERASA, e a falta de dinheiro para os medicamentos.
Éramos todos de terceira idade.
Era o holocausto socialista nos mandando para o crematório.
Muitos se foram.
Foram anos tirando as roupas de alguns santos para vestirem-se outros.
Com o impedimento da búlgara e as investigações do sequestro da Petrobrás, do BNDES, dos fundos de pensões, do FGTS, do FAD, do FAT, dos empréstimos consignados, finalmente, chegamos ao "ocaso de uma estrela":
Ela será o buraco negro do socialismo brasileiro, sugará tudo à sua volta e finalmente explodirá criando um Brasil mais culto e menos paternalista.
Agora que a estrela está morrendo, temos de prosseguir nossa luta para enterrar nesse"buraco negro" seus planetas, satélites e asteroides.
O pluripartidarismo é benéfico, o multipartidarismo é o fim da democracia.
A LUTA CONTINUA...

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

A CARTA TESTAMENTO DE GETÚLIO VARGAS

Pois,
Para polemizar de novo.
Creio que nem todos sabem que há duas cartas de Getúlio Vargas.
A manuscrita e a datilografada.
O pior é que as duas são diferentes.
Os petistas, como de hábito, leram em plenário, a carta datilografada.

Eis o texto manuscrito por Getúlio Vargas:
“Deixo à sanha dos meus inimigos, o legado da minha morte. Levo o pesar de não ter podido fazer, por este bom e generoso povo brasileiro e principalmente pelos mais necessitados, todo o bem que pretendia. A mentira, a calúnia, as mais torpes invencionices foram geradas pela malignidade de rancorosos e gratuitos inimigos numa publicidade dirigida, sistemática e escandalosa.
Acrescente-se a fraqueza de amigos que não defenderam nas posições que ocupavam à felonia de hipócritas e traidores a quem beneficiei com honras e mercês, à insensibilidade moral de sicários que entreguei à Justiça, contribuindo todos para criar um falso ambiente na opinião pública do país contra a minha pessoa.
Se a simples renúncia ao posto a que fui levado pelo sufrágio do povo me permitisse viver esquecido e tranqüilo no chão da pátria, de bom grado renunciaria.
Mas tal renúncia daria apenas ensejo para, com mais fúria, perseguirem-me e humilharem-me.
Querem destruir-me a qualquer preço. Tornei-me perigoso aos poderosos do dia e às castas privilegiadas.
Velho e cansado, preferi ir prestar contas ao Senhor, não dos crimes que não cometi, mas de poderosos interesses que contrariei, ora porque se opunham aos próprios interesses nacionais, ora porque exploravam, impiedosamente, aos pobres e aos humildes.
Só Deus sabe das minhas amarguras e sofrimentos.
Que o sangue dum inocente sirva para aplacar a ira dos fariseus.
Agradeço aos que de perto ou de longe me trouxeram o conforto de sua amizade.
A resposta do povo virá mais tarde...”

Eis o texto lido pelos petistas:
“Mais uma vez as forças e os interesses contra o povo coordenaram-se e se desencadeiam sobre mim. Não me acusam, insultam; não me combatem, caluniam; e não me dão o direito de defesa. Precisam sufocar a minha voz e impedir a minha ação, para que eu não continue a defender, como sempre defendi, o povo e principalmente os humildes.
Sigo o destino que me é imposto. Depois de decênios de domínio e espoliação dos grupos econômicos e financeiros internacionais, fi z-me chefe de uma revolução e venci.
Iniciei o trabalho de libertação e instaurei o regime de liberdade social. Tive de renunciar. Voltei ao governo nos braços do povo.
A campanha subterrânea dos grupos internacionais aliou-se à dos grupos nacionais revoltados contra o regime de garantia do trabalho. A lei de lucros extraordinários foi detida no Congresso. Contra a Justiça da revisão do salário mínimo se desencadearam os ódios.
Quis criar a liberdade nacional na potencialização das nossas riquezas através da Petrobras, mal começa esta a funcionar a onda de agitação se avoluma. A Eletrobrás foi obstaculada até o desespero. Não querem que o povo seja independente.
Assumi o governo dentro da espiral inflacionária que destruía os valores do trabalho. Os lucros das empresas estrangeiras alcançavam até 500% ao ano. Nas declarações de valores do que importávamos existiam fraudes constatadas de mais de 100 milhões de dólares por ano. Veio a crise do café, valorizou-se nosso principal produto. Tentamos defender seu preço e a resposta foi uma violenta pressão sobre a nossa economia a ponto de sermos obrigados a ceder.
Tenho lutado mês a mês, dia a dia, hora a hora, resistindo a uma pressão constante, incessante, tudo suportando em silêncio, tudo esquecendo e renunciando a mim mesmo, para defender o povo que agora se queda desamparado. Nada mais vos posso dar a não ser o meu sangue. Se as aves de rapina querem o sangue de alguém, querem continuar sugando o povo brasileiro, eu ofereço em holocausto a minha vida.
Escolho este meio de estar sempre convosco. Quando vos humilharem, sentireis minha alma sofrendo ao vosso lado. Quando a fome bater à vossa porta, sentireis em vosso peito a energia para a luta por vós e vossos filhos.
Quando vos vilipendiarem, sentireis no meu pensamento a força para a reação.
Meu sacrifício vos manterá unidos e meu nome será a vossa bandeira de luta. Cada gota de meu sangue será uma chama imortal na vossa consciência e manterá a vibração sagrada para a resistência. Ao ódio respondo com perdão. E aos que pensam que me derrotam respondo com a minha vitória. Era escravo do povo e hoje me liberto para a vida eterna. Mas esse povo, de quem fui escravo, não mais será escravo de ninguém.
Meu sacrifício ficará para sempre em sua alma e meu sangue terá o preço do seu resgate.
Lutei contra a espoliação do Brasil. Lutei contra a espoliação do povo. Tenho lutado de peito aberto. O ódio, as infâmias, a calúnia não abateram meu ânimo. Eu vos dei a minha vida. Agora ofereço a minha morte. Nada receio. Serenamente dou o primeiro passo no caminho da eternidade e saio da vida para entrar na história.”

Getúlio Vargas dentro de sua simplicidade, jamais exaltaria egoisticamente que sairia da vida para entrar na história.
Quem saiu do marasmo e das sombras foi o desconhecido datilógrafo,  Maciel Filho que como redator simplório dos discursos do Presidente resolveu entrar para a história.

Direitos autorais do acervo do Jornal "Última Hora" /AESP

DEIXO MINHA HOMENAGEM AOS QUE EXALTARAM A CARTA FALSIFICADA.
Se você agir sempre com dignidade, talvez não consiga mudar o mundo, mas será um canalha a menos. 
John F. Kennedy

Bom dia ....

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

quarta-feira, 10 de agosto de 2016

Heróis e Traidores ou vilões?

Pois,
Qual seria a definição correta de heróis e traidores?
São vilões.
Sempre há 3 versões na história.
A verdeira, a contada pelos participantes e a inventada por ambos os lados, perdedores de um modo, vencedores de outro.
Heróis podem ser traidores e vice -versa depende do lado de quem conta  a história.
Calabar traidor brasileiro pode ser considerado um herói holandês.
Tiradentes um herói brasileiro, um traidor português.
Ambos são vilões.
Digo vilões, porque quando se fere a ética e a moral praticamos vilania.
Dom pedro I praticou vilania ao introduzir a constituição de 25 março de 1824, dando inimputabilidade a si próprio e seus políticos e juristas.
Em 1988 outra constituição nos enfiou, goela abaixo, novas inimputabilidades, estendendo-a, aos deputados e a sem número de membros jurídicos e políticos do alto e médio escalão governamental brasileiro.
Funcionário público concursado só pode ser demitido por roubo, mesmo quando o estado está falido, e nós pagamos a conta mesmo desempregados.
O vilão mor EDUARDO CUNHA, protegido pela inimputabilidade constitucional é um grande herói brasileiro, e um enorme e monstruoso traidor das causa petralhas.  
Não necessitamos discutir ética e moral desses dois, tanto Cunha quanto o PT cometeram as suas vilanias.
Temos de deixar de lado esse lado do politicamente correto.
O vilão Cunha nos presenteou com o final melancólico desse partido político que se achava dono do Brasil.
Óbvio que Michel Temer e o PMDB não são a honestidade pura imaginável.
Porém quando se come fezes, qualquer coisa servida é melhor, desde que seja diferente.
Trocamos fezes putrefatas, por novas fresquinhas ou congeladas.
Se quiserem me xingar, xinguem, mas não podemos conviver com leis trabalhistas, previdenciárias e penais de 1940.
Cem anos passados era muito diferente.
O primeiro mundo trabalha até 65 anos em média, e ninguém se aposenta com salários integrais da ativa.
Não quero que aniquilem a CLT, mas acho justo que patrões e empregados negociem vínculos empregatícios diferentes. 
Nos livramos de um energúmeno, e agora mandaremos a "ENTA" de volta para a Bulgária.
Ele queria imitar Lampião, o cangaceiro, foi apenas concubina, uma lamparina cachaceira.
Te cuida Maria Bonita, vão te eliminar da história.
fui...